Exposição em demasia reacende debate sobre Direito nas Redes Socias em Goiânia

As redes sociais reconfiguraram a forma como as pessoas se relacionam. Nos dias atuais, as redes são uma extensão da vida privada: fotos, relacionamentos, opiniões e preferências são compartilhadas de forma pública, mesmo com as opções de limitação da informação ao círculo de amizade. Mas qual o ponto de convergência entre a pessoa virtual e a pessoa física? 

Como o Direito nas redes sociais trabalha em favor dessas mudanças?

Direito nas redes sociais em Goiânia: recentes modificações legislativas, sobretudo o Marco Civil da Internet, aprovado em 2014, Lei Carolina Dieckmann e até mesmo a evolução jurisprudencial, com cada vez mais julgados nos tribunais sobre o tema, contribuem para uma melhor efetividade na busca de soluções para danos ocorridos nas redes sociais, como difamação, injúria, calúnia, uso de perfis falsos (fakes), furto de informações, uso indevido de marca, violação de propriedade intelectual, dentre outros.

Como é a atuação no Direito nas redes sociais?

A compreensão do caráter democrático da internet e, principalmente, de que ela não é um lugar sem Lei e que está acima de tudo e todos, é o primeiro passo para compreender os aspectos relacionados ao Direito das Redes Sociais em Goiânia. A ilusão de que a tela do computador oculta a identidade do agressor pode ter encorajado alguns, mas o Direito tem trabalhado para se fazer presente também de forma virtual, sendo possível a identificação de pretensos anônimos (fakes) mediante procedimento judicial específico.

O Direito das Redes Sociais em Goiânia trabalha para respeitar a liberdade de expressão nas mídias, mas também garantir o direito à honra, à imagem, à privacidade e, principalmente, a intimidade. Casos como estes são especilidades da Rafael Maciel Sociedade de Advogados! Se você deseja assessoria jurídica, entre em contato conosco.

Compartilhe