Direito Digital em Goiânia, o que você precisa saber?

A sociedade evolui, e com ela as suas práticas e costumes. Em 2014, o número de lares brasileiros com acesso à internet ultrapassou 50%. A pesquisa também mostrou que o acesso via mobile ultrapassou o acesso via computador naquele ano, assim, aumenta a ocorrência de crimes de internet e é necessária atuação de advogados especialistas em Direito Digital em Goiânia.

O que são crimes de internet?

A partir desta realidade, os ditos crimes de Internet, que são aqueles praticados pela internet  ou na mesma, tiveram um aumento considerável, o que obrigou a legislação a se adaptar e assim, criar  Direito Digital. São leis, práticas e costumes que visam orientar o próprio Direito da forma como o conhecemos para crimes e situações que envolvem as plataformas digitais e a própria rede em si, ou seja, é uma evolução do Direito tradicional, adaptando-o para a ambiência internet. Tais evoluções se dão principalmente pela mudança no modo como os crimes de internet acontecem. No Brasil, apenas em 2012 começaram os esforços para auxiliar o entendimento e o tratamento de crimes como estes. A primeira lei que abordou o assunto foi a Lei Carolina Dieckman, que instituiu penas e classificou os mesmos.-

Os crimes de internet e o Direito Digital 

A ocorrência de crimes com caráter de Direito Digital em Goiânia como o revenge porn, serve como base para que sejam necessários a evolução e o aprofundamento do assunto em termos legais. Em 2014, foi instituído o Marco Civil da Internet, que visa previr o comportamento e o uso da internet, bem como garantir os direitos de quem faz uso da ferramenta.

Portanto, a relevância de Leis e normas que possam orientar os magistrados e também a sociedade em geral está no entendimento que os usuários precisam ter consciência das responsabilidades acerca da utilização das ferramentas digitais disponíveis. A Rafael Maciel é especialista em Direito Digital em Goiânia e tem os melhores profissionais para melhor te orientar. Se você tem dúvidas sobre Direito Digital, contate a Rafael Maciel.

Compartilhe